Preloading Soc. Com. C. Santos
Loading...

Notícias


Notice: Undefined variable: id2 in /home/soccsant/public_html/modulos/blog/blogDetail.php on line 7

Mercedes-Benz acelera eletrificação e Vision EQXX inspira futuro

22/07/2021 20:07

O Vision EQXX é um protótipo, com uma autonomia superior a 1000 km, que será lançado em 2022 e que materializa, afinal, a aceleração que a Mercedes-Benz pretende fazer nos próximos anos rumo à eletrificação total dos seus veículos. Saiba os pormenores desta estratégia que no final da década pretende tornar a marca 100% elétrica, nos mercados onde tal for possível!  

A Mercedes-Benz caminha a passos largos para a eletrificação automóvel, tendo anunciado que pretende tornar-se uma marca 100% elétrica até ao final da década, “onde as condições de mercado o permitam”, e que, já a partir de 2022, disponibilizará um veículo elétrico em todos os segmentos.

Acelerando a estratégia a já conhecida “Ambition 2039”, a marca da estrela também aponta para 2025 como um ano histórico, já que nessa altura todos os modelos da sua gama contarão com uma versão 100% elétrica, e a partir desse ano todas as plataformas lançadas serão apenas destinadas a veículos elétricos.

Nesse ano, está previsto o lançamento de três novas plataformas: MB.EA (destinada a automóveis de passageiros de média e grande dimensão), AMG.EA (destinada aos modelos desportivos elétricos AMG) e VAN.EA (usada para veículos comerciais ligeiros).

O aumento da gama de modelos EQ, de que já fazem parte os modelos EQA, EQB, EQC e EQV, está em marcha, com a família elétrica da Mercedes-EQ a ter planos para crescer ainda este ano com o EQS (berlina, para já, e mais tarde EQS SUV), num aumento continuado em 2022, com a introdução do novo EQE (berlina e SUV), o que colocará a marca com oito modelos totalmente elétricos no final do próximo ano.  

40 mil milhões de investimento

Para Ola Källenius, diretor executivo da Daimer e da Mercedes-Benz, “a mudança para os veículos elétricos está a ganhar velocidade, sobretudo no segmento de luxo, ao qual a Mercedes-Benz pertence. O ponto de inflexão está a aproximar-se e estaremos prontos à medida que os mercados mudarem para veículos 100% elétricos no final desta década”.

Ainda a propósito da aceleração da eletrificação da marca e no plano financeiro, o mesmo responsável considera que “esta etapa marca um profundo reajuste de capital. Ao gerir essa transformação rápida ao mesmo tempo que salvaguardamos os nossos objetivos de lucro, vamos garantir o longo sucesso da Mercedes-Benz. Graças à nossa força de trabalho qualificado e motivado, estou convencido de que seremos bem sucedidos nesta excitante nova era”.

Neste quadro empresarial, apesar de ter nos planos um investimento superior a 40 mil milhões de euros no desenvolvimento de novos veículos elétricos, a Mercedes-Benz prevê manter as suas margens de lucro, aumentando a receita líquida por cada exemplar vendido, ao mesmo tempo que potenciará a venda dos modelos Maybach e AMG, para além dos planos para incrementar o fluxo de vendas e serviços digitais, que, como é natural, permitirá redução efetiva de custos.

 Oito gigafábricas aumentarão produção

De forma a suportar a transição para a mobilidade elétrica dos seus modelos, a Mercedes-Benz tem planos para construir uma rede de oito gigafábricas em todo o mundo de produção de baterias, que, juntas, terão uma capacidade de produção de 200 GWh.

As baterias da próxima geração serão altamente padronizadas e adequadas para uso em mais de 90% de todos os automóveis e vans da Mercedes-Benz, sendo flexíveis o suficiente para oferecer soluções individuais a todos os clientes. No que diz respeito à fabricação de células, a Mercedes-Benz pretende-se associar a novos parceiros europeus para desenvolver e produzir com eficiência futuras células e módulos, que ajudem a aumentar o autonomia durante o ciclo de vida das baterias e tempos de carregamento ainda mais curtos.  

Vision EQXX com autonomia superior a 1000 km

Apesar de curto espaço de tempo traçado pela Mercedes-Benz/Mercedes-EQ para atingir os objetivos da eletrificação, a marca aposta no desenvolvimento de Concepts Cars para se aproximar da realidade 100% elétrica, que tem como meta no futuro. Para isso, em 2022, irá apresentar o Vision EQXX, um super-veículo elétrico, cujo desenvolvimento etá, neste momento, a cargo da divisão de F1 High Performance Powertrain (HPP) da Mercedes-Benz.

O modelo tem a ambição de ser o automóvel com mais autonomia de sempre e também o mais eficiente na gestão de energia, com os dados agora avançados a perspetivarem uma autonomia superior a 1000 km e um consumo em autoestrada de mais de 9,65 km por cada kWh ou, por outras palavras, um consumo inferior a 10 kWh/100 km.

Novo Mercedes-AMG SL: luxo e carácter desportivo em habitáculo exclusivo

22/07/2021 10:04

image

O design interior do futuro modelo SL representa a transformação da tradição icónica do primeiro 300 SL Roadster para a era moderna. Combinando conforto, segurança e tecnologia, o habitáculo de versátil disposição 2+2, oferece elevados padrões de luxo e funcionalidade, a que se juntam os genes desportivos da Mercedes-AMG.

O primeiro 300 SL Roadster é um dos automóveis mais famosos. O seu interior minimalista e de elevada qualidade inspirou os designers para criarem o interior do novo Mercedes-AMG SL. Para a nova edição deste modelo, criaram uma experiência holística entre o analógico e o digital – designado de “hiperanalógica”. Um bom exemplo disto é o painel de instrumentos totalmente digital, que está integrado num display tridimensional.

image

O novo e altamente sofisticado conceito dimensional permite mais uma vez uma configuração de 2+2 bancos pela primeira desde 1989 (Mercedes SL série de modelos R 129), o que torna o novo SL ainda mais versátil. Os bancos traseiros aumentam a utilidade prática no dia-a-dia e oferecem espaço para pessoas de até 1.50 metros de altura. Se os bancos traseiros não forem necessários, um defletor de ar pode proteger os passageiros dos bancos dianteiros contra fluxos de ar no lado posterior do pescoço. Os bancos traseiros também podem ser utilizados como espaço de carga adicional, por exemplo, para transportar o saco de golfe.

image

A vasta seleção de diferentes revestimentos dos bancos desportivos (opcional para todas as versões) também reflete o variado nível de equipamento, desde particularmente confortável até um nível desportivo.

image

Painel de instrumentos inspirado na aeronáutica

O painel de instrumentos simétrico foi concebido como uma notável asa escultural e está estruturado em duas secções, superior e inferior. Um dos destaques são as recém-desenvolvidas quatro saídas de ventilação galvanizadas em forma de turbina. As suas superfícies são unidas ao painel de instrumentos na forma de cúpulas salientes. A secção inferior do painel de instrumentos evolui suavemente desde a consola central, ligando continuamente os dois elementos.

image

Apesar da simetria, o design do posto de condução está claramente orientado para o condutor: o display LCD de alta resolução de 12.3 polegadas do painel de instrumentos não é independente, mas sim está integrado num display tecnologicamente avançado. Isto evita reflexões causadas pela luz solar.

Consola central com display tátil ajustável

image

A consola central domina o espaço entre o condutor e o passageiro dianteiro. De máxima largura e subindo acentuadamente até à dianteira, flui até à secção inferior do painel de instrumentos. O centro funcional e visual da consola central é o painel metálico que irrompe as superfícies em pele nas secções dianteira e traseira que, caracterizado pela assinatura de entrada de ar NACA, revela os genes do AMG GT e do GT Coupé de 4 portas. A transição da entrada de ar NACA até ao ecrã tátil multimédia de 11.9 polegadas em formato de retrato, é praticamente contínua. Para evitar reflexões causadas pela luz solar durante a condução com a capota aberta, este display pode ser ajustado eletricamente para uma posição mais vertical. O seu formato de retrato oferece claras vantagens, especialmente para a navegação, e disponibiliza mais espaço. O display tátil flutua entre as duas entradas de ar centrais em forma de turbina, como um contraste digital em relação aos elementos de design emotivo.

image

Os painéis das portas estão integrados harmoniosamente com o interior

Semelhantes à consola central, as superfícies nas portas também se desenvolvem suavemente desde o painel de instrumentos. O resultado é um gradiente acentuado com pesponto decorativo que emoldura todo o interior e passa pelas saídas de ventilação laterais. O centro da porta foi desenhado como uma sensual topografia estratificada. O puxador também foi desenhado da mesma forma que a consola central e é outra característica atraente. Os materiais utilizados e o estilo das superfícies são repetidos nas portas, criando um equilíbrio no interior. Os altifalantes Burmester de alta qualidade em metal, cujo padrão de perfuração também se destaca visualmente, estão integrados nas portas.

image

Design escultural dos bancos com apoios de cabeça integrados

O design moderno dos bancos do novo Mercedes-AMG SL é um desenvolvimento adicional e uma forma desportiva do habitual design escultural dos bancos Mercedes. Combina inteligentemente camadas e superfícies envolventes. Isto faz com que os bancos aparentem ser mais leves e menos volumosos. Os apoios de cabeça estão integrados no encosto do banco e, desta forma, contribuem para as proporções desportivas do banco. A ergonomia perfeita, os vários pespontos progressivos e os padrões de design completam a simbiose de alta tecnologia, desportividade e luxo.

image

Operação intuitiva e capacidade de aprendizagem: a última geração do MBUX (Mercedes-Benz User Experience)

Algumas funções e a estrutura de comando do sistema MBUX de segunda geração correspondem às do Classe S. Foram extensamente complementadas ou substituídas pelos conteúdos e modos específicos da AMG. Isto torna o novo SL extremamente independente em termos de comunicação e de informação. Os modos “Performance” ou “Track Pace” enfatizam o caráter desportivo. O interior tornou-se ainda mais digital e inteligente, pois o hardware e o software foram extensamente aperfeiçoados. As imagens brilhantes nos display LCD facilitam o controlo do veículo e das funções de conforto.

O display do condutor e o display central oferecem uma experiência única. A aparência do painel de instrumentos pode ser personalizada com diferentes estilos de visualização, individualmente selecionáveis.

image

O opcional head-up display contribui para uma condução tranquila, pois o condutor não necessita de desviar a sua atenção da estrada. Apresenta sugestões e ações relevantes tridimensionalmente em situações de condução e ambientes reais. Aqui também poderá selecionar entre vários estilos de visulaização - cada um correspondendo ao estilo de indicação no painel de instrumentos. Em função do equipamento ou dos gostos pessoais, a Iluminação Ambiente ilumina o interior com 64 cores diferentes.

Soc. Com. C. Santos da Boavista “visitada” por Mercedes-Benz “Ponton”

17/07/2021 14:25

image

Um modelo icónico num stand marcante. O showroom da Sociedade Comercial C. Santos na Boavista recebeu, este sábado (dia 17), a visita de várias unidades do modelo Mercedes-Benz W120/W121, automóvel histórico que ficou conhecido como “Ponton”.

Foram quatro os exemplares deste raro modelo que estacionaram em frente ao stand da Sociedade Comercial C. Santos na Boavista, no Porto. A caravana dos Mercedes-Benz “Ponton” chegou àquele icónico espaço depois de um curto percurso junto ao mar, entre Leça da Palmeira e o stand da Sociedade Comercial C. Santos naquela zona da cidade do Porto. Ali chegado, o restrito grupo de apaixonados pela Mercedes-Benz e, em particular, pelo W120/W121, pôde conversar sobre este e outros modelos que marcam a história do automóvel.

image

Produzido entre 1953 e 1959, o Mercedes-Benz W120/W121 – que é visto como um dos antecessores do atual Classe E – foi o primeiro automóvel da marca com carroçaria “Ponton”. Este tipo de carroçaria começou a surgir no pós-Segunda Guerra Mundial e, ao contrário dos automóveis desenvolvidos até aí, caracteriza-se por algo que se mantém no design dos automóveis hoje em dia, com os guarda-lamas dianteiros visualmente contíguos ao capot. Esta integração dos guarda-lamas é diferente do que acontecia na generalidade dos modelos do pré-guerra, em que este elemento está separado, sobre as rodas.

image

O Mercedes-Benz “Ponton” contou com várias motorizações, mas a mais reconhecida foi a 180 D. Montava o motor diesel OM 636 VII, um quatro cilindros em linha com 1767 cc e 40 cv de potência. O 180 D tinha caixa manual de quatro velocidades e tração às rodas traseiras. Das mais de 400 mil unidades do W120/W121 produzidas, cerca de 114 mil foram do 180 D.

image

Modelo histórico, em stand icónico

“O Mercedes-Benz ‘Ponton’ marcou uma época para a marca. Em Portugal, foi de extrema importância para criar o capital de imagem de robustez e fiabilidade da Mercedes-Benz, dado que, entre as várias tipologias de clientes que serviu, foi usado como táxi por muitos profissionais que tiveram no modelo um excelente aliado para o seu trabalho”, afirma o presidente do Mercedes-Benz Club Portugal, Manuel Neves.

image

“Reunir apaixonados por automóveis Mercedes-Benz é um gosto para nós. Sendo o W120/W121 um dos modelos com mais história para a marca em Portugal, o orgulho é redobrado”, afirma o relações públicas da Sociedade Comercial C. Santos, Aquiles Pinto.

image

O encontro terminou com um curto convívio ao ar livre entre os vários presentes no showroom da Boavista do concessionário Mercedes-Benz e smart. Com projeto da autoria do arquiteto Pádua Ramos, este emblemático stand da cidade do Porto foi inaugurado em 1990 e apresenta-se como um cartão de visita da Sociedade Comercial C. Santos. Além disso, aquela zona da cidade do Porto tem um impacto especial em todos os apaixonados por automóveis, dado que foi “casa” do mítico Circuito da Boavista durante várias décadas do século XX e com reedições já neste século.

Vídeo: Conheça o processo de verificação “Mercedes-Benz Certified”

14/07/2021 19:24

A “Mercedes-Benz Certified” é a marca de automóveis usados de qualidade da marca. Esta oferta exclusiva de automóveis usados Mercedes-Benz, com características e vantagens especiais, tem por base estritos critérios de aprovação, inspeção rigorosa e certificação das condições de cada automóvel (são mais de 100 os pontos de verificação). Fique a conhecer alguns dos apertados critérios para que os modelos Mercedes-Benz ou smart possam receber este exigente “carimbo” de usado de qualidade.

Neste vídeo (https://www.youtube.com/watch?v=2t1bq4iwJJ8), Ricardo Mendes, especialista de produto de viaturas usadas na Sociedade Comercial C. Santos, explica alguns dos critérios para que o veículo possa ser considerado e receber o selo “Mercedes-Benz Certified” e dá a conhecer as etapas do processo.

As viaturas “Mercedes-Benz Certified” têm 24 meses de garantia e quilometragem garantida, com manutenções realizadas em oficinas autorizadas e com peças originais da marca. Encontram-se, além disso, com a manutenção efetuada, para que o cliente não tenha de qualquer manutenção programada nos primeiros 7 500 km ou seis meses.

Quatro fase principais

“Para serem considerados Mercedes-Benz Certified, os automóveis passam por inspeção rigorosa e certificação das condições. São mais de 100 os pontos de verificação. A preparação de uma viatura usada ‘Mercedes-Benz Certified’ consiste em quatro etapas principais”, explica Ricardo Mendes.

O especialista de produto da Sociedade Comercial C. Santos detalha, ao longo dos cerca de dois minutos do vídeo, as “quatro fases principais na preparação da viatura ‘Mercedes-Benz Certified’”.

A primeira etapa é a lavagem exterior da viatura, seguindo-se a entrega da viatura na oficina para verificação Mercedes Benz Certified, fase em que há a verificação dos órgãos mecânicos, das jantes e dos pneus e um teste de estrada.

A terceira fase do processo corresponde à inspeção do estado da pintura, em que acontece a verificação e marcação de danos, a desmontagem, a preparação das peças a pintar, a montagem e o polimento final. A quarta e última etapa principal é uma pormenorizada limpeza dos interiores do veículo.

“Feito este processo, o automóvel pode receber o ‘selo’ OK da ‘Mercedes-Benz Certified’”, conclui Ricardo Mendes.

Soc. Com. C. Santos renova frota Mercedes-Benz Vans da empresa “Máquinas Industriais São Marcos”

12/07/2021 16:16

image

A empresa “Máquinas Industriais São Marcos”, dedicada ao comércio de equipamentos para a madeira (sobretudo para a indústria do mobiliário) escolheu, através da Sociedade Comercial C. Santos, a Mercedes-Benz Vans para renovar a sua frota. Um total de seis viaturas foi entregue desde julho de 2020.

O modelo mais recente a ser entregue, já este mês, foi uma Mercedes-Benz Classe V Longo 250 d Avantgarde, mas a renovação da frota da Máquinas Industriais São Marcos arrancou cerca de um ano antes. Além daquele confortável modelo, a frota da empresa, renovada com o apoio da Sociedade Comercial C. Santos, conta com uma Sprinter chassis-cabine, uma pick-up Classe X e três Citan.

image

A opção pelo concessionário Mercedes-Benz para renovar a frota teve como justificação, de acordo com Vítor Silveira, sócio-gerente da Máquinas Industriais São Marcos, pela “relação antiga” entre as duas empresas. O mesmo responsável pela empresa especializada no comércio e assistência de máquinas industriais para a madeira acredita, aliás, que esta é uma relação comercial que irá perdurar, “desde que as propostas de negócios continuem a ser vantajosas”.

Crescimento apesar da pandemia

A empresa sediada em Rebordosa (Paredes) está a crescer, apesar da pandemia. Vítor Silveira justifica esse cenário pelo crescimento do setor com que a Máquinas Industriais São Marcos trabalha. “O ramo do mobiliário cresceu …vamos na onda. No pós-Covid, as pessoas precisam de mudanças e começam pela mobília”, explica o empresário.

Depois de um 2020 “razoável, apesar das circunstâncias”, 2021 está a ser promissor. “Tivemos um bom primeiro semestre, para começar. Aguardemos para ver o que nos reserva o resto do ano”, indica Vítor Silveira.

Vendas da Mercedes-Benz Cars subiram 25.1% entre janeiro e junho e entregas de xEV’s mais do que quadruplicam

07/07/2021 12:18

As vendas mundiais da Mercedes-Benz totalizaram 581.201 unidades (+27,0%) no segundo trimestre, enquanto cerca de 121.500 xEVs (plug-in-híbridos e automóveis totalmente elétricos) foram vendidos no primeiro semestre (+ 305,0%), num período, apesar de tudo, marcado pela restrição das entregas devido à escassez contínua de semicondutores.  

A Mercedes-Benz Cars entregou 1.182.724 carros de passageiros (+ 25,1%) a clientes em todo o mundo no primeiro semestre de 2021. Na China, a Mercedes-Benz estabeleceu dois novos recordes: as maiores entregas no segundo trimestre (219.059 unidades, + 5,8%) e no primeiro semestre de um ano (441.579 unidades, + 27,6%).

O crescimento de vendas de dois dígitos no segundo trimestre foi alcançado na Alemanha (+ 26,3%) e nos EUA (+ 38,6%). Os parceiros de vendas globais enfrentam uma elevada procura de clientes em todo o portfólio de modelos da Mercedes-Benz, no entanto, a escassez de oferta mundial de certos componentes semicondutores afetou as entregas globais aos clientes no segundo trimestre, especialmente no mês de junho. A escassez deverá continuar a ter impacto nos próximos dois trimestres em termos de vendas.

“A grande procura dos clientes por nossos modelos Mercedes-Benz impulsionou nosso crescimento de dois dígitos no primeiro semestre de 2021. Os níveis de entrada de pedidos permanecem elevados, apoiados pela popularidade do novo Classe S, os xEVs e o lançamento de vendas do novo Classe C em muitos mercados”, afirmou Britta Seeger, Membro do Conselho de Administração da Daimler AG e Mercedes‑Benz AG e responsável por Marketing e Vendas.

As entregas de híbridos plug-in e carros totalmente elétricos mais que quadruplicaram em apenas seis meses, atingindo 121,5 mil unidades (+ 305,0%). No total, os xEVs representaram 10,3% das vendas totais da Mercedes-Benz Cars no primeiro semestre de 2021. Cerca de 39.000 veículos totalmente elétricos foram entregues de janeiro a junho (+ 291,4%), incluindo mais de 19.000 unidades (+ 469,4%) dos modelos EQA, EQC e EQV (consumo de energia combinado: 26,4-15,7 kWh / 100 km; emissões de CO2 combinadas: 0 g / km) [1].

“O feedback positivo que recebemos sobre o EQS após sua estreia mundial e nosso forte impulso de vendas de EV é a prova de que a Mercedes-EQ está apenas no início de sua história de sucesso elétrico”, disse Britta Seeger.

Vendas de automóveis de passageiros Mercedes-Benz por regiões e mercados

As vendas da Mercedes-Benz na região Ásia-Pacífico aumentaram de janeiro a junho 26,1%. As entregas da Mercedes-Benz na China mantiveram-se em nível recorde, com um total de 441.579 unidades no primeiro semestre (+ 27,6%). Na região da Europa, a recuperação de diversos mercados e a melhora da situação do COVID-19 levaram a um crescimento de vendas de 53,7% no segundo trimestre. A Mercedes-Benz vendeu na Alemanha um total de 107.269 carros de janeiro a junho, atingindo um nível de vendas ligeiramente acima do ano passado (+ 1,0%). As vendas na região da América do Norte totalizaram 182.305 unidades no primeiro semestre (+ 24,4%), com 160.646 automóveis de passageiros entregues a clientes nos EUA (+ 26,3%).

Vendas de unidades Mercedes-Benz Cars & Vans

A Mercedes-Benz vendeu 581.201 carros em todo o mundo no segundo trimestre (+ 27,0%) e 1.162.471 carros de janeiro a junho (+ 24,3%). Foram entregues a clientes cerca de 21.500 Classes S no 2º trimestre (+ 69,2%), totalizando mais de 36.000 unidades desde o início do ano (+ 43,1%). O sedan e carrinha Classe E (+ 11,8%), os automóveis compactos (+ 42,1%) e os SUVs (+ 53,2%) tiveram um forte desempenho de vendas de janeiro a junho.

De janeiro a junho, o GLC SUV foi novamente o modelo único mais vendido da Mercedes-Benz em todo o mundo, seguido pelo sedan das classes C e E. A nova Classe C, que teve seu início de vendas em 30 de março, já atingiu um nível de receção de pedidos a rondar os 50.000 pedidos.

As entregas da marca smart mais que dobraram no segundo trimestre, com 10.524 unidades (+ 148,3%). No período de janeiro a junho, foram entregues 20.253 microcars urbanos de duas e quatro portas (+ 100,5%).

No segundo trimestre de 2021, as vendas de vans comerciais da Mercedes-Benz Vans aumentaram 37% em comparação com o trimestre do ano anterior, apesar da escassez mundial de fornecimento de certos componentes semicondutores. No total, foram registados 84.190 Sprinters, Vito, Tourer e Citan, vendidos em todo o mundo. O crescimento foi particularmente elevado na América Latina e na Europa, onde eSprinter e eVito contribuíram fortemente para o crescimento em predominantemente em todos os mercados europeus.

“Estamos implementando com sucesso nossa estratégia em linha com nosso objetivo de estabelecer uma posição de liderança para Vans na área de eletromobilidade. As vendas de mais de 2.400 vans eletrificadas no segundo trimestre ajudam a destacar esse objetivo”, afirmou Marcus Breitschwerdt, chefe da Mercedes-Benz Vans. “Em maio, apresentámos o conceito EQT, que obteve um feedback muito positivo dos media e dos clientes. A nossa futura geração de pequenas vans completará a nossa linha de produtos elétricos em 2022.”

SocAdvice: Manter óticas em bom estado é essencial para a segurança

06/07/2021 12:22

A iluminação do seu veículo é um fator essencial para a segurança rodoviária. Ver e ser visto é fundamental. No SocAdvice, deixamos-lhes alguns conselhos para manter a iluminação do seu Mercedes-Benz sempre nas melhores condições.

A Mercedes-Benz utiliza a mais avançada tecnologia de iluminação do setor automóvel. No entanto, nem todos os utilizadores dão sempre a devida atenção aos faróis dos seus automóveis.

As lâmpadas fundidas são um problema óbvio e de fácil deteção, mas há outros pormenores a que devemos estar atentos. A limpeza, o alinhamento e, até, o polimento das óticas são essenciais para garantir que o seu automóvel mantenha uma boa iluminação. Esse acompanhamento é essencial para que o veículo seja mais seguro para si e para a sua família.

Esteja atento aos faróis do seu Mercedes-Benz. Na Sociedade Comercial C. Santos podemos ajudá-lo. Temos técnicos qualificados e a mais avançada tecnologia.

image

Filipe Barbosa, rececionista da oficina de colisão da Sociedade Comercial C. Santos deixa-lhe alguns conselhos para que mantenha a sua estrela iluminada https://www.youtube.com/watch?v=BaWd1VBc5LY

image

Soc. Com. C. Santos leva apaixonado pela Mercedes-Benz a experiência AMG em circuito

02/07/2021 19:30

A Sociedade Comercial C. Santos juntou o desporto virtual dos eSports aos automóveis reais. A Taça Soc. Com. C. Santos SimRacing teve lugar esta sexta-feira (2 de julho), em pleno showroom da Maia-Aeroporto do concessionário Mercedes-Benz e smart. O grande vencedor terá uma experiência real ao lado de um piloto, no Circuito Vasco Sameiro, em Braga.

Esta ação de eSports, na qual a Sociedade Comercial C. Santos contou com o apoio da G’s Competizione, contou com 32 participantes, que disputaram uma corrida virtual no Circuito do Estoril aos comandos de um Mercedes AMG GT3. Após fazerem as qualificações durante a manhã, os pilotos com os oito melhores tempos realizaram, durante a tarde, as fases a eliminar: quartos de final, meias-finais e final. O equilíbrio foi a nota dominante, com a grande final a contar com a atenção de vários dos participantes que haviam sido eliminados.

O vencedor foi Ruben Costa, seguido bastante de perto por Nuno Pinto da Costa, com o pódio de laureados a ser encerrado por Ricardo Teixeira. O vencedor terá como prémio usufruir de uma experiência real em pista, no Circuito Vasco Sameiro, em Braga. Poderá conduzir, ao lado do piloto César Machado, um Mercedes-AMG A 45 4MATIC no traçado minhoto.

“Foi uma experiência excelente e estou muito contente por ganhar e por poder ter esta experiência em circuito com um piloto a bordo de um automóvel desportivo”, afirmou, na cerimónia de entrega dos troféus, o vencedor da competição, Ruben Costa.

“Gostei muito de participar na Taça Soc. Com. C. Santos. A organização foi excelente e o ambiente muito bom. Mal posso esperar pela ‘desforra’ para tentar vencer. Espero que haja uma nova prova semelhante nos próximos tempos”, disse, por seu turno, o vice-campeão da prova, Nuno Pinto da Costa.

Já o terceiro classificado, Ricardo Teixeira, sublinhou “que não estava à espera de divertir-se tanto na Taça Soc. Com. C. Santos e a experiência de SimRacing foi excelente”.

Balanço positivo

O balanço da organização é positivo. “A popularidade dos eSports, em particular do SimRacing, está em crescimento acentuado. Cada vez mais, a experiência do virtual integra o real na qualidade da abordagem que se pode fazer do mesmo objeto nas duas instâncias. Esperamos com esta iniciativa em parceria com a G’s Competizone ter proporcionado aos nossos clientes uma experiência virtual marcante, no autódromo virtual do Estoril, ao volante de um AMG GT3”, afirma a diretora de marketing da Sociedade Comercial C. Santos, Ana Bolina.

“O mundo dos eSports está a crescer em termos de popularidade. Ter a oportunidade de trazer este cenário virtual para um mundo real e para utilizadores de automóveis do dia a dia, é para a G’s Competizione um orgulho”, assinala Carlos Barbosa, responsável da G’s Competizione.

Os e-sports mais não são do que replicar os vários desportos no mundo virtual. Não dos chamados jogos arcade, mas de simulação, isto é, aproximar o máximo possível da realidade. Com um crescimento anual de 10%, as corridas virtuais de desportos motorizados são cada vez mais populares, com campeonatos organizados nos quatro cantos do mundo. Em 2020, devido ao confinamento imposto pela pandemia, o crescimento foi ainda superior, aproximando-se dos 15%, de acordo com análises do setor.

De notar que, dada a aproximação à realidade, os simuladores SimRacing são, também, utilizados por pilotos das corridas reais. Os pilotos das provas reais aproveitam os simuladores para testarem circuitos e automóveis em que competem nas provas físicas.

Soc. Com. C. Santos põe desporto virtual ao lado dos automóveis reais

02/07/2021 10:38

A Sociedade Comercial C. Santos está a juntar o desporto virtual dos eSports aos automóveis reais que tem expostos no showroom da Maia-Aeroporto. A “Taça Soc. Com. C. Santos SimRacing” já “acelera” e promete identificar e premiar o melhor piloto virtual ao volante de um Mercedes-AMG GT3.

Marcada para hoje, a “Taça Soc. Com. C. Santos SimRacing” marca a entrada da Soc. Com. C. Santos na emergente agenda dos e-sports. O evento, no qual a Sociedade Comercial C. Santos conta com o apoio da G’s Competizione, vai permitir a 32 participantes disputarem uma corrida virtual no Circuito do Estoril aos comandos de um Mercedes AMG GT3.

image

Os “pilotos” convidados farão as qualificações durante a manhã, com as fases a “eliminar” a decorrerem à tarde, até ser encontrado o grande vencedor, que poderá usufruir de uma experiência real em pista, no Circuito Vasco Sameiro, em Braga.

image

Os e-sports mais não são do que replicar os vários desportos no mundo virtual. Não dos chamados jogos arcade, mas de simulação, isto é, aproximar o máximo possível da realidade. Com um crescimento anual de 10%, as corridas virtuais de desportos motorizados são cada vez mais populares, com campeonatos organizados nos quatro cantos do mundo. Dada a aproximação à realidade, os simuladores SimRacing são, também, utilizados por pilotos das corridas reais para testarem circuitos e automóveis em que competem nas provas físicas.

Soc. Com. C. Santos fez viagem no tempo com todas as gerações Classe C na Maia-Aeroporto

01/07/2021 12:32

image

A Sociedade Comercial C. Santos fez uma viagem no tempo, de 1982 a 2021, ao expor no showroom da Maia-Aeroporto, todas as gerações do Mercedes-Benz Classe C produzidas até à atualidade. Desde o W201 (ainda conhecido como 190) até ao W206, em plena fase de lançamento em Portugal, foi possível apreciar exemplares daquele que é um dos mais importantes modelos para a marca alemã.

O novo Mercedes-Benz Classe C (W206) acaba de chegar ao mercado português, nas variantes de carroçaria Limousine e Station. A mais recente geração é o mais recente elo de uma cadeia que marca a letras de ouro a história automóvel. Este foi o mote para a Sociedade Comercial C. Santos, em parceria com o Mercedes-Benz Club Portugal, reunir, no showroom da Maia, exemplares de todas as seis gerações do Classe C produzidas até à atualidade (veja o vídeo com Sónia Araújo, embaixadora da Soc. Com. C. Santos, em https://bit.ly/367uxVg).

“Um dos grandes capitais das marcas automóveis é o seu histórico. A Mercedes-Benz tem a felicidade de ter um presente virado para o futuro, ao mesmo tempo que um dos construtores automóveis que mais se pode orgulhar do passado. Poder, com o apoio do Mercedes-Benz Club Portugal e de alguns clientes que nos cederam os seus automóveis, reunir nas nossas instalações todas as gerações Mercedes-Benz Classe C é para a Sociedade Comercial C. Santos um motivo de orgulho”, afirma o relações públicas da Sociedade Comercial C. Santos, Aquiles Pinto.

image

“Para o Mercedes-Benz Club Portugal é uma grande satisfação podermos dar o nosso contributo para fazer a ponte entre passado, presente e futuro da nossa marca. Estamos sempre prontos a colaborar com os concessionários oficiais Mercedes-Benz e foi com agrado que realizamos esta ação conjunta”, refere o presidente do Mercedes-Benz Club Portugal, Manuel Neves.

Mais de 10 milhões de unidades desde 1982

O Mercedes-Benz Classe C é, com efeito, o modelo mais importante para a marca à escala mundial, com 10,5 milhões de unidades vendidas desde 1982. Merece, por isso, ser celebrado.

Numa viagem no tempo, de 1982 a 2021, puderam ser apreciadas na Sociedade Comercial C. Santos unidades de todas as seis gerações deste icónico modelo. Desde a W201 (ainda 190) até à mais recente, em pleno lançamento, a W206, passando pela W202 (que iniciou a designação Classe C, refira-se), W203, W204 e pela W205, que, agora, passa o testemunho à nova geração Mercedes-Benz Classe C, mais confortável, tecnológica e eletrificada do que nunca.

Saiba mais sobre as seis gerações Mercedes-Benz Classe C produzidas até à atualidade:

W201 (1982-1993) 

image

1,9 milhões de unidades produzidas

· Conhecido como 190 e Baby Benz

· Primeiro automóvel do segmento a usar suspensão multi-link no eixo traseiro

· Vencedor do DTM em 1992

W202 (1993-2000)

image

Eleva vendas acumuladas das duas gerações para 3,8 milhões de unidades

· Primeiro a usar designação Classe C

· Introdução de carroçaria Wagon (em 1996)

· Vencedor do DTM em 1994 e 1995

W203 (2000-2007)

image

Fasquia de vendas chega a 5,7 milhões de viaturas

· Volante multifunções

· Sistema de infotainment

· Base do carro vencedor do DTM em 2005 e 2006

W204 (2007-2014)

image

Fasquia de vendas chega a 8 milhões de viaturas

· Intelligent Light System

· DISTRONIC PLUS (cruise control adaptativo)

· Base do carro vencedor do DTM em 2010

W205 (2014-2021)

image

Fasquia de vendas chega a 10,5 milhões de viaturas

· Leque de carroçaria inclui versões cabrio e longas

· COMAND Online, touchpad e head-up display

· Base do carro vencedor do DTM em 2015 e 2018

W206 (2021-…)

image

A história continua a ser escrita

· Totalmente eletrificado

· Última geração do MBUX com funções Smart Home

· Eixo traseiro direcional e segurança “herdada” do Classe S

Novo eActros, um novo camião para uma nova era

30/06/2021 20:13

O Mercedes-Benz eActros, marca uma nova era no transporte rodoviário feito por veículos pesados com motorização 100% elétrica. Desenvolvido em cooperação com os clientes, o eActros destaca-se pela conforto, silêncio e suavidade de condução, a que junta um importante manancial de sistemas de segurança, que fazem dele uma referência no mundo dos camiões. Definitivamente, a “Truck you can Trust” (Um Camião em que pode Confiar).

A Mercedes-Benz Trucks fez hoje a estreia mundial de eActros elétrico, um veículo pesado 100% afeto à mobilidade sustentável, pensado para a distribuição e serviços de curta e média distância. 

Com o primeiro camião elétrico produzido em série com uma estrela de três pontas, a Mercedes-Benz Trucks entrou numa nova era e, simultaneamente, reforçou o desejo de oferecer o transporte rodoviário de mercadorias neutro em CO2. O modelo eAtros de equipamento base deverá sair da linha de produção, em Wörth am Rheim (Alemanha), no outono de 2021 e é, em parte, o resultado do programa “frota de inovação do eActros”, que começou em 2018 e das experiências efetuadas com os clientes que ajudaram ao desenvolvimento do inovador modelo.

Elevada autonomia

A bateria eActros é constituída por três ou quatro baterias, cada uma com uma capacidade energética de cerca de 105 kWh. A capacidade máxima da bateria de 420 kWh permite que autonomias de até 400 quilómetros possam ser alcançadas[1] 

A peça tecnológica central do camião elétrico é a unidade de tração - um eixo elétrico rígido com dois motores elétricos integrados numa transmissão de duas velocidades. Ambos os motores refrigerados geram potência de 330 kW, que pode chegar aos 400 kW. Além disso, se o veículo for conduzido de maneira especialmente previdente, a regeneração permite que o este recupere energia elétrica. Assim, a energia obtida durante a travagem é reenviada para as baterias do eActros, voltando a ficar disponível para utilização pelo sistema de propulsão.

Desempenho impressionante

Os dois motores elétricos integrados oferecem grande eficiência e entrega constante de potência com elevado binário logo no arranque. A disponibilidade de torque imediato, oferecido pelos motores elétricos que são acoplados a uma transmissão de duas velocidades, garante uma potente aceleração, um notável conforto e dinamismo, que contribui para uma condução mais relaxada, comparativamente com um modelo de motorização diesel. Além do mais, o baixo centro de gravidade também é vantajoso na abordagem de curvas, aumentando a estabilidade. Em operações de carga total, os condutores desfrutam de uma agradável redução de ruído de 10 dB dentro da cabine, o que corresponde aproximadamente à metade do volume de ruído percetível. Graças ao baixo nível de ruído, entregas noturnas também são possíveis. Ao contrário de um camião com motorização a diesel, no eActros também há visivelmente menos vibrações.

O eActros pode ser carregado com até 160 kW: quando conectado a uma estação de carregamento normal de 400A DC, as três baterias precisam de um pouco mais de 1 hora para carregar de 20 a 80 por cento[2].

Elevado nível de segurança para o condutor e para os outros utilizadores da estrada

As inúmeras funcionalidades e sistemas do auxílio à condução do eActros garantem um elevado nível de segurança rodoviária a todos os envolvidos. Por exemplo, elementos especiais de colisão com um perfil de alumínio protegem as baterias em caso de colisão lateral, enquanto sensores neles integrados podem detetar um cenário de colisão. Nesse caso, a bateria HV seria automaticamente isolada do resto do veículo.

Para garantir que o veículo seja mais fácil de ouvir pelos utentes da estrada, como peões e ciclistas, o eActros vem de série com um Sistema de Alerta Acústico Externo (AVAS), a que se junta o Sideguard Assist como complemento de segurança. Outro sistema que faz parte do equipamento de série do eActros é a quinta geração do sistema de travagem de emergência “Active Brake Assist”, com reconhecimento de pedestres, ajudando a reduzir o risco de uma colisão na direção longitudinal em ruas urbanas, estradas ou autoestradas.

Paralelamente, também foram adotados outros dispositivos de comprovada eficácia como o MirrorCam e o Multimedia Cockpit Interactive, disponíveis na linha de equipamento mais básica do eAtros.

Com todos os sistemas de assistência, a Mercedes-Benz Trucks visa apoiar o condutor tanto quanto possível dentro dos respetivos limites de cada sistema, sendo que, como preconiza o código da estrada, o condutor permanece sempre totalmente responsável por conduzir o veículo em segurança.

Componente integral de um ecossistema empresarial

A fim de auxiliar as empresas de transporte em cada etapa do seu caminho para a eMobility, a Mercedes-Benz Trucks integrou o eActros num ecossistema que também oferece consultoria e serviços, bem como uma gama de soluções digitais para aumentar a capacidade de utilização do veículo e otimizar o custo total de propriedade. Por exemplo, usando os planos de rota existentes de um cliente, é possível estabelecer um perfil de uso altamente realista e significativo para camiões elétricos. Esta chamada eConsulting não inclui apenas a eletrificação do depósito, mas - se o cliente desejar - também aborda questões de planeamento, solicitação e implementação de tudo o que diz respeito à infraestrutura de carregamento e conexão à rede elétrica. Para isso, a Mercedes-Benz Trucks também estabeleceu uma parceria estratégica com a Siemens Smart Infrastructure, ENGIE e EVBox Group. Além disso, se necessário, a Mercedes-Benz Trucks pode fornecer ajuda adicional na identificação de quaisquer concessões públicas disponíveis para infraestrutura e veículos.

Soluções digitais inteligentes

Utilizando o Cockpit Multimédia Interativo, que faz parte do equipamento de série no eActros, o condutor mantém-se constantemente informado sobre o consumo instantâneo e médio de energia. Não obstante, os gerentes de frota podem usar as soluções digitais do portal “Fleetboard” para controlar de forma eficiente sua frota. Isso inclui aspetos como um Sistema de Gestão de Carga desenvolvido individualmente para a criação de perfis de carga e um diário de bordo contendo informações detalhadas sobre tempos de condução, paragens e intervalos de carga. Há também uma ferramenta de mapeamento que mostra a localização do veículo em tempo real, bem como se está em movimento, estacionado ou a ser carregado, para além da monitorização, claro está, do estado de carga da bateria.

O eActros também está disponível com o Mercedes-Benz Complete - um contrato de serviço que inclui o All-round Carefree Package -, para além do suporte intensivo proporcionado ao cliente através do Mercedes-Benz Uptime. Como parte disso, o telediagnóstico totalmente automático monitoriza continuamente o estado de diversos sistemas do camião em tempo real. Ao agrupar os dados de reparação e manutenção, o número de visitas não planeadas à oficina também pode ser reduzido.

[1]  A autonomia foi determinada internamente e em condições ideais, que incluíram 4 conjuntos de baterias após o pré-condicionamento, com condução em trânsito e com o veículo (sem reboque) parcialmente carregado e com 20 ° C de temperatura externa.

[2] Com base em valores empíricos determinados internamente em condições ideais, incluindo uma temperatura ambiente de 20 ° C.

Soc. Com. C. Santos reúne todas as gerações Classe C na Maia-Aeroporto

28/06/2021 19:34

A Sociedade Comercial C. Santos vai reunir, esta semana, no showroom da Maia-Aeroporto, todas as gerações do Mercedes-Benz Classe C produzidas até à atualidade. Amanhã (dia 29) e depois (dia 30), os cerca de 700 m2 do stand das instalações-sede da empresa estarão ocupados pelas seis gerações do modelo, desde a primeira, apresentada em 1982, até à mais recente, em plena fase de lançamento.

O novo Mercedes-Benz Classe C (W206) acaba de chegar ao mercado português, nas variantes de carroçaria Limousine e Station. A mais recente geração é também o mais recente elo de uma cadeia que marca a letras de ouro a história automóvel.

O Mercedes-Benz Classe C é, com efeito, o modelo mais importante para a marca à escala mundial, com 10,5 milhões de unidades vendidas desde 1982. Merece, por isso, ser celebrado.

Assim, a Sociedade Comercial C. Santos, em parceria com o Mercedes-Benz Club Portugal, irá reunir, no showroom da Maia, exemplares de todas as seis gerações do Classe C produzidas até à atualidade, desde a W201 (ainda 190) até à mais recente, em pleno lançamento, a W206.

Poderão ser ainda apreciados exemplares das gerações W202, W203, W204 e W205, que agora passa o testemunho à nova geração Mercedes-Benz Classe C, mais confortável, tecnológica e eletrificada do que nunca. Uma viagem no tempo, de 1982 a 2021, à sua espera na Sociedade Comercial C. Santos.

Mercedes-AMG GT Black Series do mar chama-se “Cigarette 41’ Nighthawk AMG Black Series Edition”!

25/06/2021 18:20

image

Quando a Mercedes-AMG e a Cigarette unem esforços, o resultado só pode ser brilhante! E, na verdade, voltou a acontecer, quando o Mercedes-AMG GT Black Series serviu de inspiração ao Cigarette “41’ Nighthawk AMG Black Series Edition”, para que o reinado AMG em terra possa continuar também no mar…

O “41’ Nighthawk AMG Black Series Edition” baseia-se na engenharia avançada da Cigarette, utilizando elementos de elevada tecnologia, como um design exclusivo de casco de “duas etapas” para oferecer um notável desempenho na água. Um centro de gravidade baixo, que melhora a agilidade, e um peso geral contido, que melhora a velocidade, foram obtidos usando um deck totalmente em fibra de carbono e um design de teto rígido totalmente em fibra de carbono. O uso de materiais compósitos e técnicas de construção avançadas melhoram a rigidez estrutural, proporcionando maior conforto de condução e maior estabilidade mesmo nas condições mais exigentes.

image

O design marcante do 41’ Nighthawk AMG Edition é o resultado da estreita colaboração entre a equipe de corrida de cigarros, a equipe de design da Mercedes-AMG e Gorden Wagener, diretor de design do Daimler Group. O Mercedes-AMG incorpora o auge do luxo de desempenho na estrada, e o Cigarette 41 ’Nighthawk AMG Black Series promete excelente desempenho na água, empolgante prazer de condução e acabamentos finais e de detalhe de grande qualidade.

image

O novo Cigarette “41 ’Nighthawk AMG Black Series” traduz perfeitamente a filosofia partilhadas entre AMG e Cigarette, o que resulta num barco de edição especial verdadeiramente notável. Com impressionantes proporções, potência de referência e design marcante, o novo “Nighthawk AMG Black Series” oferece o desempenho do seu inspirador lendário, o Mercedes-AMG Black Series.

Alto desempenho na água

Como o AMG GT Black Series, este barco de edição especial também estabelece novos padrões de desempenho no seu segmento. Por exemplo, o novo “41’ Nighthawk AMG Edition” é o primeiro barco do seu segmento a apresentar cinco motores exteriores. Esses cinco propulsores são os potentes V8 Mercury Racing 450R de 4,6 litros que cedem, cada um deles, 450 cv de potência às hélices de propulsão, sendo controlados por um avançado sistema de aceleração, que permite que apenas duas alavancas sejam usadas para controlar todos os cinco motores simultaneamente.

image

A saída combinada de 2.250 cv de potência, permite que acelere até à notável velocidade máxima de mais de 90 MPH (mais de 145 km/h). Um desempenho notável para um barco deste segmento, que pode acomodar, confortavelmente, até dez pessoas e onde os pormenores de luxo são uma constante.

Design arrebatador

O atraente exterior Magmabeam laranja e preto desta edição especial é influenciado pela AMG GT Black Series, que estreou a cor exterior Magmabeam como uma nova opção exclusiva, e também oferece elementos laranja opcionais no seu interior. O esquema de cores laranja e preto Magmabeam é aprimorado por pequenos logotipos AMG pintados na proa do barco num padrão repetido. Cada um desses logotipos é pintado à mão, sem decalques. As peças de acabamento central das coberturas do motor também são pintadas em laranja Magmabeam, unindo a estética distinta da proa à popa.

image

O layout do Cigarette “41’ Nighthawk AMG Black Series” concentra-se numa consola central com um leme e cabine no centro do barco, que oferece a capacidade de se poder caminhar em ambos os lados e uma proa aberta que permite aos ocupantes sentarem-se na frente. Mas a parte que torna a consola central do Cigarette Racing Team única é seu design de casco avançado, que incorpora um design altamente refinado de “duas etapas” e que torna o barco muito mais eficiente. Esta engenharia avançada combinada com técnicas de construção notáveis ​​e atenção excecional aos detalhes -, utilizando a tecnologia mais recente combinada com qualidade superior, resulta num barco verdadeiramente único até para o capitão mais exigente.

Esta atenção excecional aos pormenores continua dentro deste barco tão especial. O interior é principalmente cinza e preto, com detalhes distintos em laranja, combinando o esquema de cores do exterior com o atraente design interior. A embarcação também possui o estofamento exclusivo Cigarette Cool, que dissipa o calor para que as cores escuras permaneçam confortáveis, mesmo quando expostas ao sol e ao calor constantes. O assento do leme dianteiro consiste em duas filas (três assentos por fila), com a fila da frente a apresentar regulação em altura, permitindo ao capitão atingir a altura de assento ideal, porém personalizada, para uma navegação perfeita. Há um lounge em forma de L na parte traseira do barco e assentos em forma de U na proa. Essa disposição cria um barco que não é apenas notavelmente desportivo e ágil, mas ainda oferece o tipo de entretenimento e luxo que aumenta sua capacidade de navegar com conforto e relaxar com os amigos.

image

O leme possui três visores multifuncionais Garmin 8617 embutidos num painel de instrumentos cortado por CNC a partir de um bloco sólido de alumínio. Este painel de instrumentos com revestimento protetor é resistente ao calor, reflexos e impressões digitais, enquanto todo o perímetro do painel é exclusivamente iluminado através de iluminação de realce RGB LED, fornecendo um brilho distinto e criando a ilusão de que o painel está flutuando. Os passageiros podem sentir-se seguros graças às barras de apoio de aço inoxidável e relaxar com total conforto com um apoio para os pés ergonómico usinado em CNC.

O “41’ Nighthawk AMG Edition” também impressiona com seu design no avançado posto de controlo. O controlo dos dispositivos da embarcação é realizado por meio de um sofisticado sistema de comutação digital. Este sistema oferece controle simples de todos os sistemas a bordo e também otimiza o desempenho. Ao reduzir o peso total dos cabos dentro do barco, o peso total do barco também é reduzido, permitindo melhores prestações. Um sistema de bateria de íon de lítio reduz ainda mais o peso, proporcionando alta densidade de energia, melhor durabilidade e menor manutenção.

image

Equilibrando desempenho com comodidades impressionantes, o “41’ Nighthawk AMG Edition” também oferece opções de conforto, como um sistema de áudio Audio Marine de alta potência, um sistema de iluminação avançado e um propulsor de proa. Monitores multifuncionais Garmin adicionais estão localizados no assento traseiro e na proa, proporcionando aos passageiros acesso fácil ao sistema de comutação digital para controlar a iluminação, o rádio, a plotagem de gráficos e outras comodidades. Carregado com a tecnologia mais recente, o “41’ Nighthawk AMG Black Series” é tão luxuoso quanto emocionante de conduzir.

image

Melhor desempenho em terra: AMG GT Black Series

Como modelo de inspiração para o novo Cigarette “41’ Nighthawk AMG Black Series”, o AMG GT Black Series (consumo de combustível combinado: 12.8 l/100 km; emissões CO2 combinadas: 292 g/km)[1] cria suas próprias ondas no que diz respeito às suas capacidades de desempenho. Este modelo oferece o motor de produção AMG V8 mais potente, um design altamente expressivo, aerodinâmica sofisticada e uma mistura de materiais inteligente, criando dinâmica ideal e equilíbrio do veículo. Apresentando um motor AMG V8 feito à mão com 730 cv, o mais recente Black Series incorpora as raízes do AMG no desporto automóvel – juntando-lhe um design derivado diretamente do atual automóvel de competição AMG GT3.

image

O coração da nova série AMG GT Black Series é o novo motor AMG V8 feito à mão com virabrequim plano, desenvolvendo 730 hp de 6.700-6.900 rpm. Este novo motor confere ao Mercedes-AMG GT Black Series um caráter completamente único, ao mesmo tempo que permite um desempenho de condução notável, acelerando dos 0-100 km/h em apenas 3,1 segundos e podendo atingir 200 km/h em menos de nove segundos, para uma velocidade máxima de 325 km/h.

Colaboração entre Mercedes-AMG e Cigarette Racing

image

A Mercedes-AMG e a Cigarette Racing começaram sua colaboração em 2007, principalmente para organizar atividades conjuntas com clientes e marketing. Seja na água ou em terra, a Mercedes-AMG e a Cigarette Racing estão unidas pelo seu foco em oferecer o máximo de desempenho. Os barcos de edição especial desta parceria única partilham a mesma interpretação do Performance Luxury - a estética da marca que foi definida para a Mercedes-AMG, transformando-os numa combinação tecnológica e de design perfeita.

image

[1] Os valores indicados são os “valores NEDC CO2” medidos em conformidade com o artigo 2.º n.º 1 do Regulamento de Execução (UE) 2017/1153. Os números de consumo de combustível foram calculados com base nesses números. O valor WLTP é relevante para a avaliação do imposto automóvel.

Soc. Com. C. Santos reuniu especialistas para discutirem futuro dos lubrificantes

23/06/2021 18:12

image

A Sociedade Comercial C. Santos levou a cabo uma conversa digital sobre o futuro dos lubrificantes, dando corpo a mais uma animada sessão das “SocTalks”, que reuniu um painel de especialistas sobre o tema.

Com transmissão em direto nas redes sociais da Sociedade Comercial C. Santos (Facebook e YouTube), a “SocTalks” teve, desta feita, como tema “Lubrificantes até 2050”, tentando apontar, numa conversa informal, mas esclarecida, os caminhos do futuro nas próximas décadas desta importante área complementar do setor automóvel.

Os participantes foram João Reis, assessor de comunicação da APETRO – Associação de Empresas Petrolíferas em Portugal, José Cid Proença, diretor-geral da Spinerg (distribuidor lubrificantes Shell), Manuel Andrade, diretor da ANECRA – Associação Nacional das Empresas do Comércio e da Reparação Automóvel, Narciso Figueiredo, sales manager da Petronas Portugal, e Marcos Campos, key account manager, costumer service & parts Mercedes-Benz Trucks da Sociedade Comercial C. Santos. A conversa foi moderada pelo jornalista Paulo Homem, diretor da revista Pós-Venda.

image

Pode ver ou rever a conferência digital (com duração de cerca de uma hora) nesta ligação https://www.youtube.com/watch?v=1NZmuDgaKDo

Novo Mercedes-Benz Classe C chega à Soc. Com. C. Santos e faz magia a Mário Daniel

22/06/2021 15:41

image

O novo Mercedes-Benz Classe C já está disponível na Sociedade Comercial C. Santos. A nova geração de um dos modelos mais bem-sucedidos da história da marca chega pronta para fazer magia. Fazer magia na estrada, pois está mais confortável, tecnológica e tem apenas motorizações eletrificadas, mas também por… fazer um truque ao conhecido mágico Mário Daniel.

Mário Daniel, que é um dos mais antigos embaixadores da Sociedade Comercial C. Santos, é um consagrado mágico português, autor do programa de sucesso da SIC Minutos Mágicos e esgota salas de espetáculos por todo o país. Desta feita, porém, no lançamento da nova geração Mercedes-Benz Classe C, virou-se o feitio contra o feiticeiro.

É que é o automóvel que faz o “número” ao mágico, perguntando-lhe se tem tempo para um truque, levando, com um tom divertidamente autoritário, Mário Daniel a baralhar e escolher várias cartas. Contado é divertido, mas o melhor mesmo é ver o vídeo “A magia do novo Classe C”, no YouTube da Sociedade Comercial C. Santos.  

Cerca de 10,5 milhões de unidades

image

O novo Mercedes-Benz Classe C (W206) chega nas versões Limousine e Station. Com a mais recente linguagem de design da Mercedes-Benz, o modelo impressiona e faz jus ao passado do Classe C, um dos mais bem-sucedidos automóveis da história da marca (vendeu 10,5 milhões de unidades em todo o mundo ao longo das anterior cinco gerações). A distintiva grelha do radiador caracteriza a secção dianteira. Todas as versões do modelo integram uma estrela central, com ligeiras diferenças na grelha do radiador ao nível do design e do carácter. A versão base integra uma estrela central e lamelas. A linha de equipamento Avantgarde integra elementos decorativos adicionais nas lamelas, enquanto a grelha do radiador e o para-choques dianteiro inclui adornamentos cromados. A linha AMG distingue-se por uma grelha com padrão diamante e estrela central cromada.

image

Quanto à secção traseira, na variante Limousine, pela primeira vez no Classe C os farolins traseiros são constituídos por duas peças, com as funções de iluminação divididas entre a secção do painel lateral e a secção da tampa da bagageira.

Com um comprimento de 4751 mm e uma largura de 1820 mm, as dimensões das variantes Limo e Station são consideravelmente superiores quando comparadas com as das variantes do modelo antecessor. A distância entre eixos aumentou 25 mm para 2865 mm. Os ocupantes dianteiros e traseiros beneficiam das maiores dimensões exteriores.

image

O baixo coeficiente aerodinâmico do modelo antecessor (Limo: Cd 0.24, Station: Cd 0.27) foi preservado apesar das maiores dimensões exteriores.

A capacidade do compartimento de bagagens da variante Station é 30 litros superior em relação à do modelo antecessor, tendo agora uma capacidade de 490 a 1510 litros. Outras melhorias práticas: a altura do compartimento de bagagens até à cobertura retrátil (bem como o comprimento do compartimento de bagagens) foi aumentada em relação ao modelo antecessor. A embaladeira do compartimento de bagagens está posicionada a uma altura ligeiramente inferior.

image

Forte digitalização

O interior criteriosamente configurado e pensado ao mais pequeno detalhe também revela o elevado padrão de qualidade. Com um design orientado para o condutor, destaque para o ecrã LCD de alta resolução de 12,3 polegadas no painel de instrumentos. O maior nível de digitalização também é óbvio no ecrã central, onde são disponibilizados controlos das funções do veículo através do ecrã tátil de elevada qualidade de 11,9 polegadas (30,2 cm). A orientação de retrato é particularmente vantajosa para a navegação. O ecrã tátil aparenta igualmente flutuar no revestimento. Tal como o tablier, o ecrã encontra-se ligeiramente orientado para o condutor.

image

Tal como o novo Classe S, o novo Classe C está equipado com a segunda geração do MBUX (Mercedes-Benz User Experience). O assistente de voz “Olá Mercedes” torna-se agora interativo e com maior capacidade de aprendizagem através da ativação dos serviços online na Mercedes me App. Adicionalmente, certas ações podem ser realizadas mesmo sem a palavra-chave de ativação “Olá Mercedes”. É o caso, por exemplo, do atendimento de uma chamada telefónica.

Com a função MBUX Smart Home, o Classe C torna-se agora um centro de controlo móvel da residência de muitas pessoas. Como o Smart Home comunica com os sensores e atuadores através da rede WLAN, tornando a residência cada vez mais inteligente e comunicativa, a temperatura, as luzes, os estores e os aparelhos elétricos podem ser monitorizados e controlados remotamente. Sensores de movimento e interruptores fim-de-curso nas janelas informam o utilizador sobre possíveis intrusos ou quaisquer movimentações de pessoas nas suas residências.

image

Eletrificação total

A gama de motores do novo Mercedes-Benz Classe C inclui apenas quatro versões de motores de quatro cilindros da atual família de motores modulares da marca. Além da sobrealimentação, os motores diesel e a gasolina integram agora um motor de arranque/alternador (ISG) para a assistência inteligente em condições de baixa rotação, como num modelo híbrido suave de segunda geração.

O ISG utiliza um sistema elétrico de bordo de 48 V que permite a utilização de funções como a circulação em roda livre, potência suplementar ou recuperação de energia, e permite também uma significativa redução do consumo de combustível. A caixa de velocidades 9G-TRONIC foi adicionalmente desenvolvida para permitir a utilização do ISG e é agora equipada em todas as versões do Classe C.

image

As motorizações disponíveis na fase lançamento são a C200 (M254 de 1,5 litros) a gasolina e a C220 d e C300 d (o 2.0 OM 654), a diesel. Depois do lançamento, chegarão mais motorizações, bem como as versões híbridas plug-in, com autonomias 100% elétricas de uns impressionantes 100 km.

Direção do eixo traseiro: maior agilidade e dinamismo

O novo Classe C é especialmente ágil e estável com a opcional direção do eixo traseiro e com relação de transmissão mais direta da direção dianteira. O ângulo da direção no eixo traseiro pode atingir até 2,5 graus. Esta solução permite reduzir o diâmetro de viragem em 43 centímetros para 10,64 metros.

Para atingir o ângulo máximo de viragem, o volante requer uma menor quantidade de voltas. Com a direção do eixo traseiro, e em função da cadeia cinemática, são necessárias 2,1 voltas ao invés das 2,35 voltas (tração traseira com direção de conforto) ou 2,3 voltas (versões 4MATIC com direção de conforto).

image

A uma velocidade inferior a 60 km/h, as rodas traseiras são direcionadas no sentido oposto ao das rodas dianteiras – e até 2,5 graus no sentido oposto ao do ângulo do eixo dianteiro durante as manobras de estacionamento. Em função da situação, este sistema permite reduzir virtualmente a distância entre eixos, tornando o veículo mais manobrável, leve e ágil. A uma velocidade superior a 60 km/h, as rodas traseiras são direcionadas até um ângulo de 2,5 graus no mesmo sentido das rodas dianteiras. Este aumento virtual da distância entre eixos fornece vantagens notáveis no que diz respeito à melhoria da estabilidade e da segurança a alta velocidade, durante as rápidas mudanças de faixa de rodagem ou durante as súbitas manobras de desvio.

image

Preços desde 48 mil euros

Os preços indicativos das variantes já disponíveis da nova geração Mercedes-Benz Classe C variam entre os 48 mil e os 59 350 euros na versão Limousine e os 49 750 euros e os 61 150 euros para a Station.

image

Preços Classe C (W206)

Versão                         CC               CV       Caixa     Preço indicativo (c/IVA)

C 200 Limousine        1496              204       Auto                  48 000 €

C 200 Station              1496             204       Auto                   49 750 €

C 220 d  Limousine     1992             200       Auto                  53 600 €

C 220 d Station           1992             200       Auto                   55 500 €

C 300 d Limousine      1992             265       Auto                   59 350 €

C 300 d Station           1992             265       Auto                   61 150 €

Soc. Com. C. Santos “carrega” elétricos Mercedes-Benz nas paisagens do Douro

18/06/2021 23:24

image

A Sociedade Comercial C. Santos promoveu uma viagem pela Região Demarcada do Douro, com vários modelos 100% elétricos Mercedes-Benz. Num conjunto de automóveis dominado pela gama da Mercedes-Benz Vans, os modelos zero emissões permitiram que a caravana desfrutasse da paisagem com um impacto ambiental mínimo.

Intitulado “Electric Douro Experience”, o evento organizado pela Sociedade Comercial C. Santos teve como protagonista a atual gama de veículos totalmente elétricos da Mercedes-EQ, de onde se destacaram a gama da Mercedes-Benz Vans, com os modelos eSprinter Furgão, eVito Furgão e eVito Tourer (passageiros). A estes veículos comerciais juntaram-se na caravana rumo ao Douro outros modelos, como o EQV (equivalente elétrico da Classe V) e os SUV EQC e EQA.

A mobilidade elétrica chegou, para benefício do futuro sustentável do nosso planeta. Um veículo elétrico é silencioso e agradável de conduzir, com custos de utilização e fiscais bastantes menores do que as viaturas com motorizações térmicas, apesar do preço inicial ser ainda superior. Esse cenário faz com que o TCO (custo total de propriedade) das viaturas elétricas seja cada vez mais concorrencial.

image

As restrições à mobilidade de veículos poluentes, principalmente nas cidades, deverão continuar a aumentar e isso tem especial importância em todos os segmentos, entre os quais os veículos comerciais, essenciais em ambiente urbano. Alguns estudos indicam que as viaturas comerciais usadas na cada vez mais importante logística de última milha percorrem uma média diária a rondar 100 km, o que faz com que as autonomias das vans elétricas já sirvam, no presente, um leque considerável de utilizações.

É expectável que a maioria das frotas se torne elétrica nos próximos 10 anos. A Mercedes-Benz Vans disponibiliza já hoje uma gama elétrica completa para o transporte de mercadorias e pessoas.

image

“Este tipo de veículo pode, já hoje, ser um forte aliado de trabalho de muitas frotas profissionais. Com esta iniciativa convidamos os clientes de viaturas comerciais a experimentarem a agradabilidade de utilização destes veículos zero emissões”, refere Patrícia Almeida, coordenadora de veículos comerciais ligeiros da Sociedade Comercial C. Santos.

Furgões mantêm capacidade de carga

Os furgões Mercedes-Benz eVito e eSprinter mantêm a identidade visual dos modelos equipados com motor de combustão interna. Contudo, debaixo do capot está a cadeia cinemática elétrica (eATS), que transmite às rodas dianteiras uma potência de até 85 kW (116 cv).

image

O motor elétrico é alimentado por uma bateria de iões de lítio que está localizada sob o piso do veículo, pelo que não afeta a zona de carga. A bateria de alta tensão é constituída por três módulos com uma capacidade de armazenamento útil de 35 kWh, o que proporciona uma autonomia de 150 km no eVito e de 118 km no eSprinter, com uma velocidade máxima, de 80 km/h, de série, ou de 100 km/h ou 120 km/h, em opção. O eSprinter é proposto, em opção, com uma bateria de maior capacidade (de quatro módulos) aumentando a autonomia combinada para 156 km.

image

Os Mercedes-Benz eVito Furgão e eSprinter Furgão integram um Carregador de Bordo de corrente alternada com uma potência de 7,4 kW. O carregamento com corrente alternada numa wallbox ou nos postos de carregamento públicos demora seis horas (conjunto de três baterias) e em oito horas (conjunto de quatro baterias).

O eSprinter pode (em opção) ser carregado com corrente contínua (CC). Num posto rápido, à potência máxima de 80 kW, é possível carregar a bateria desde 10% até 80 % em aproximadamente 20 minutos (três baterias) ou 25 minutos (quatro baterias).

image

Quanto a preços, o Mercedes-Benz eVito Furgão arranca nos 40 570 € (sem IVA) e o eSprinter Furgão nos 52 850 euros (sem IVA).

eVito Tourer com autonomia superior a 350 km

O Mercedes-Benz eVito Tourer tem lotação de nove lugares. Conta com uma cadeia cinemática elétrica (eATS) que transmite força motriz às rodas dianteiras com uma potência de até 150 kW (204 cv).

A autonomia combinada é de 358 km, com uma velocidade máxima de 140 km/h (160 km/h em opção). O carregamento em wallbox ou posto de carregamento público (carregamento em corrente alternada, potência máxima de 11 kW) é inferior a 10 horas para carregar a 100%. O Mercedes-Benz eVito Tourer pode (em opção) ser carregado com corrente contínua (CC). O carregamento em postos de 110 kW de 10% até 80% é conseguido em cerca de 45 minutos.

O preço do eVito Tourer Standard é de 72 089,5 euros e o do eVito Tourer Longo de 73 688,5 euros (ambos os valores já com IVA incluído).

EQV: luxo silencioso

 Tal como o eVito Tourer, também o Mercedes-Benz EQV têm cadeia cinemática elétrica (eATS) que transmite força motriz às rodas dianteiras com uma potência de até 150 kW (204 cv). A energia elétrica é armazenada numa bateria de iões de lítio na secção inferior do piso do veículo, cuja profundidade e posicionamento central traduz-se num efeito positivo na estabilidade de condução. A bateria tem uma capacidade de armazenamento útil de 90 kWh e permite uma autonomia elétrica combinada de 349 km.

image

Tal como as versões a combustão Vito e Classe V, as propostas têm semelhanças, mas a primeira é mais profissional e a segunda remete mais para o transporte de passageiros, com o verdadeiro ADN premium da casa da estrela. A eVito Tourer tem lotação de nove lugares e o EQV fica-se por oito lugares para permitir mais desafogo e o já referido ambiente mais premium. Um dos exemplos disso é o facto de o EQV incluir o assistente virtual MBUX. O EQV custa 78 608,5 euros na versão standard e 79 592,5 euros com carroçaria longa (em ambos os casos com IVA incluído).

EQC foi pioneiro

 O EQC é um imponente SUV e teve o condão de, no fim de 2019, ser o primeiro modelo a ser lançado pelo construtor alemão sob a marca Mercedes-EQ, exclusiva de automóveis elétricos. Os dois motores elétricos nos eixos dianteiro e traseiro têm, no EQC 400 4MATIC Coupé, uma potência combinada de 300 kW (408 cv) e um binário de 765 Nm.

image

A energia é fornecida por uma bateria de iões de lítio de 80 kWh. Com este conjunto propulsor, o Mercedes EQC acelera até aos 100 km/h em 5,1 segundos. A velocidade máxima está limitada eletronicamente a 180 km/h. O consumo médio de 22,2 kWh/100 km permite uma autonomia de 417 km (WLTP). Este SUV do segmento C tem preços desde 71 899,99 euros.

EQA alarga gama

Lançado em abril último, o EQA é o novo modelo de entrada na gama de modelos totalmente elétricos da marca Mercedes-EQ. A versão de lançamento do SUV elétrico é a EQA 250, com uma potência de 190 cv (140kW). A aceleração 0-100 km/h é cumprida em 8,9 segundos, com uma velocidade máxima de 160 km/h (limitada eletronicamente).

A bateria de iões de lítio tem uma capacidade de armazenamento de energia de 66,5 kWh. A autonomia é de 426 km (de acordo com o ciclo de teste WLTP) e o consumo em ciclo combinado é de 17,7 kWh/100 km (também WLTP).

image

Os tempos de carregamento do “irmão” 100% elétrico do GLA variam entre as 5h45 numa wallbox ou num posto de carregamento público (corrente AC com uma potência de pelo menos 11 kW, com intensidade de corrente de 16 A por fase) e os 30 minutos para uma carga de 10% a 80% num posto de carregamento rápido de corrente DC com uma tensão de rede de 400 V e uma intensidade de corrente de pelo menos 300 A. Este carregamento ultrarrápido permite recuperar em 30 minutos mais de 300 km.

O EQA 250 tem preços a partir de 53 750 euros.

Novo Mercedes-AMG GT Coupé de 4 Portas: mais distinto, desportivo e versátil

16/06/2021 18:02

image

O novo AMG GT Coupé de 4 Portas, com chegada prevista à Sociedade Comercial C. Santos este verão, está (ainda) mais distinto e desportivo, mas também mais confortável e tecnologicamente avançado, elevando a qualidade de vida a bordo e a versatilidade na utilização quotidiana. Novas cores exteriores, jantes e estofos, bem como sistemas de assistência à condução aperfeiçoados para assistir as performances dos potentes motores de 6 cilindros, tornam a última geração do AMG GT Coupé de 4 Portas ainda mais desejável…

O AMG GT Coupé de 4 Portas conquistou novos grupos de clientes e gerou muita admiração pela marca. Combina dinâmica de condução do desportivo AMG GT com a viabilidade prática no dia-a-dia, graças às quatro portas e ao espaço para até cinco passageiros. A sofisticada suspensão pneumática, a direção ativa do eixo traseiro, o sistema de tração integral totalmente variável e o moderno conceito geral agradam a clientes em todo o mundo. Considerando que o modelo é o detentor da volta mais rápida no circuito de Nürburgring, é também notório que a tecnologia e a rigorosa afinação do modelo estão ao mais elevado nível e estabelecem referências no segmento.

image

Esta série de modelos também elevou a fasquia no que diz respeito ao interior, com o design rigoroso e de elevada qualidade de todas as superfícies e componentes, os inovadores controlos táteis, os botões do volante as inúmeras configurações dos bancos e do equipamento.

Embora anteriormente já estivesse disponível uma impressionante gama de opções de personalização neste segmento - desde três configurações do banco traseiro e uma gama de packs de equipamento através das opções de personalização específicas da AMG - agora foram acrescentadas mais opções atrativas.

image

O design das versões de seis cilindros  - AMG GT 53 4MATIC+, AMG GT 43 4MATIC+ e AMG GT 43 - mantém-se inalterado, mas a secção dianteira pode ser opcionalmente adaptada ao visual dos modelos de oito cilindros.

Estão disponíveis três novas cores para todos os modelos: spectral blue metallic, spectral blue magno (mate) e cashmere white magno (mate). Está agora disponível um total de cinco cores de pintura mate, cinco cores de pintura metalizada e duas cores sólidas.

image

O novo pack AMG Night II acrescenta uma aparência desportiva ainda mais acentuada se os clientes assim o pretenderem. Neste caso, as aletas verticais na grelha do radiador específica da AMG são revestidas em cromado preto. Na secção traseira, o logótipo AMG, a estrela Mercedes e a designação do modelo em preto acrescentam tons atraentes. O mesmo se aplica à inscrição nas asas do para-choques dianteiro. Outra novidade é a combinação do pack Night com o pack Carbon Fibre.

Novo volante AMG Performance com design em duplo raio

O recém-desenhado volante AMG Performance também acrescenta valor tangível com o seu design e os seus botões harmoniosamente integrados. Os três raios duplos arredondados combinam estabilidade com elegância. O aro do volante pode ser opcionalmente equipado com aquecimento. Está também equipado com um sensor em forma de tela para detetar as mãos colocadas no volante. Se o sistema detetar que o condutor não tem as suas mãos no volante durante um certo período de tempo, é iniciado um ciclo de aviso, que poderá terminar numa assistência de travagem de emergência se o condutor continuar a não reagir.

image

Os destaques visuais incluem os botões, que estão harmoniosamente integrados nas superfícies dos raios duplos horizontais. Os interruptores táteis na zona dos símbolos facilitam o controlo. O painel de instrumentos é comandado através do painel tátil do raio superior esquerdo do volante, enquanto o ecrã multimédia é comandado através do painel tátil do lado direito. Os raios inferiores integram os controlos do sistema de controlo da velocidade de cruzeiro /DISTRONIC (esquerdo) e o telefone/sistema mãos-livres/controlo do volume (direito).

image

Os botões do volante AMG de série são agora ainda mais brilhantes com novos símbolos e agora são também ambos redondos. Com este novo design, as funções de condução importantes bem como os programas da transmissão podem ser controlados como habitualmente sem necessidade de retirar as mãos do volante. A caixa de velocidades AMG SPEEDSHIFT MCT 9G pode ser comandada manualmente através das patilhas de mudanças em alumínio nos lados esquerdo e direito atrás do aro do volante. Para um comando ainda mais preciso da caixa de velocidades, as patilhas de mudanças têm agora dimensões ligeiramente superiores e encontram-se instaladas numa posição mais baixa.

image

Os clientes também têm à sua disposição uma ampla seleção de componentes de revestimento. Uma novidade é o opcional revestimento em madeira porosa de antracite no painel de instrumentos, nos painéis das portas e na consola central, onde combina com um revestimento em silver shadow, enfatizando desta forma o carácter desportivo e luxuoso do modelo desportivo de 4 portas.

image

Luxo para individualistas: modelo de edição com um extenso pack de equipamento

Um modelo de edição exclusiva enfatiza o carácter luxuoso do AMG GT Coupé de 4 Portas. Está disponível para todas as versões de motor e combina de série com o pack V8 Styling. A pintura exclusiva em tons de pedra rubelita vermelha revelam uma extravagância que combina perfeitamente com o pack Exterior em cromado brilhante e as novas jantes forjadas AMG de 21 polegadas de 5 raios duplos, com acabamento prateado e brilhante. As luzes de série complementam o carácter de estilo de vida do exterior.

Versões disponíveis

AMG GT 53 4MATIC+ (2999 cc // 435 cv + 22 cv // 10,0-9,2 l/100 km1 // 226-209 g/ km1 // 4,5 s (0-100 km/h) // 285 km/h)

 - AMG GT 43 4MATIC (2999 cc // 367 cv + 22 cv // 10,0-9,2 l/100 km1 // 226-209 g/ km1 // 4,9 s (0-100 km/h) // 270 km/h)

- AMG GT 43 (2999 cc // 367 cv + 22 cv // 10,0-9,2 l/100 km1 // 226-209 g/ km1 // 5,0 s (0-100 km/h) // 270 km/h)


1 Os valores declarados são os valores “WLTP de CO2” medidos de acordo com o Nº 3 do Artigo 2 do Regulamento de Implementação (UE) 2017/1153. O consumo de combustível foi calculado com base nestes valores.

Soc. Com. C. Santos realiza conferência digital sobre futuro dos lubrificantes

16/06/2021 12:45

A Sociedade Comercial C. Santos promove, na próxima terça-feira (dia 22), uma conversa digital sobre o futuro dos lubrificantes. Com transmissão em direto nas redes sociais do concessionário Mercedes-Benz e smart, esta nova SocTalks reunirá vários especialistas desta importante área de negócio do setor automóvel.

A próxima SocTalks tem realização prevista para 22 de junho de 2021, às 16h00 (com duração aproximada de uma hora) e terá como tema “Lubrificantes até 2050”. Estão confirmados vários especialistas da área.

 Os participantes são João Reis, assessor de comunicação da APETRO – Associação de Empresas Petrolíferas em Portugal, José Cid Proença, diretor-geral da Spinerg (distribuidor lubrificantes Shell), Manuel Andrade, diretor da ANECRA - Associação Nacional das Empresas do Comércio e da Reparação Automóvel, Narciso Figueiredo, sales manager da Petronas Portugal, e Marcos Campos, key account manager, costumer service & parts Mercedes-Benz Trucks da Sociedade Comercial C. Santos. A conversa será moderada pelo jornalista Paulo Homem, diretor da revista Pós-Venda.

image

A ação será transmitida em direto no Facebook e YouTube da Sociedade Comercial C. Santos. O público poderá, através dos dois canais, colocar questões aos participantes.

 “Numa altura em que o setor automóvel passa por um forte processo de mudança, importa discutir como todas as alterações impactam as várias áreas de negócios, com destaque para o aftermarket. No caso dos lubrificantes, importa perceber o presente e o futuro e quais os impactos que tecnologias como os automóveis elétricos terão na área de negócio, por um lado, mas que horizonte temporal ainda têm, dado que apesar do forte crescimento nas vendas, os veículos 100% elétricos representam ainda apenas 2% do parque circulante português, que totaliza mais de quatro milhões de carros”, explica o diretor de peças e lubrificantes da Sociedade Comercial C. Santos, Manuel Machado Silva.

image

 Promoção de discussão isenta

 Esta será a quarta edição das SocTalks. A Sociedade Comercial C. Santos valoriza a discussão isenta e genérica de temas importantes para a economia e para a mobilidade. Mais, considera que as empresas têm um papel fundamental na discussão do presente e futuro de áreas-chave para economia e sociedade. Foi com base nesta premissa que o concessionário Mercedes-Benz e smart arrancou com este ciclo de conversas digitais (pelo menos enquanto a conjuntura o aconselhar). A ideia é que se trate de pequenas conversas informais que sirvam para, de forma simples, esclarecer melhor o público.

De notar que as SocTalks estão, também, disponíveis em formato podcast. Trata-se de uma plataforma onde podem ser encontradas, juntando-se ao YouTube e ao Facebook da empresa (onde são transmitidas em direto).

Venha testar os eVans da Mercedes-Benz no “Electric Experience eVans Roadshow”

08/06/2021 15:51

image

A Sociedade Comercial C. Santos vai promover, de 14 a 16 de junho, o “Electric Experience eVans Roadshow”. Ao longo de três dias, os modelos 100% elétricos da Mercedes-Benz Vans estarão à sua espera para um Test-Drive “elétrico”! Esperamos por si? 

Prepare-se para uma experiência eletrizante! O primeiro “Electric Experience eVans Roadshow” promete colocá-lo em contacto com todas as novidades da gama elétrica Mercedes-Benz, que estarão disponíveis nas instalações da Sociedade Comercial C. Santos na Maia-Aeroporto. 

image

À sua disposição estarão os eSprinter Furgão, eVito Furgão e eVito Tourer (passageiros) para que possa ter melhor perceção das potencialidades de cada um destes modelos. Os furgões Mercedes-Benz eVito e eSprinter têm autonomias entre 118 e 156 km, enquanto o Mercedes-Benz eVito Tourer (lotação de nove lugares) oferece uma autonomia combinada de 358 km.

image

Os interessados podem agendar, desde já, com a equipa da Sociedade Comercial C. Santos a realização de test drives, que podem ocorrer entre as 10h00 e as 19h00 dos já referidos dias 14 a 16 de junho.

 Menores custos de utilização

 A mobilidade elétrica chegou, para benefício do futuro sustentável do nosso planeta. Um veículo elétrico é silencioso e agradável de conduzir, com custos de utilização e fiscais bastantes menores do que as viaturas com motorizações térmicas, apesar do preço inicial ser ainda superior. Esse cenário faz com que o TCO (custo total de propriedade) das viaturas elétricas seja cada vez mais concorrencial.

As restrições à mobilidade de veículos poluentes, principalmente nas cidades, deverão continuar a aumentar e isso tem especial importância no segmento dos veículos comerciais, essenciais em ambiente urbano. Alguns estudos indicam que as viaturas comerciais usadas na cada vez mais importante logística de última milha percorrem uma média diárias a rondar 100 km, o que faz com que as autonomias das vans elétricas já sirvam, no presente, um leque considerável de utilizações.

image

É expectável que a maioria das frotas se torne elétrica nos próximos 10 anos. A Mercedes-Benz Vans disponibiliza já hoje uma gama elétrica completa para o transporte de mercadorias e pessoas.

Mostrar as mais-valias dos modelos elétricos da Mercedes-Benz Vans é o objetivo da Sociedade Comercial C. Santos com a ação de portas abertas Electric Experience eVans Roadshow. “Este tipo de veículo pode, já hoje, ser um forte aliado de trabalho de muitas frotas profissionais. Com esta iniciativa convidamos os clientes de viaturas comerciais a experimentarem a agradabilidade de utilização destes veículos zero emissões”, refere Patrícia Almeida, coordenadora de veículos comerciais ligeiros da Sociedade Comercial C. Santos.

Camião Actros transporta estrela gigante para o Mercedes-Benz Museu

02/06/2021 08:57

Duas estrelas em sintonia rumo à casa da Mercedes-Benz. No fim de março, um camião Actros transportou uma Estrela Mercedes-Benz gigante entre a estação central de Estugarda e o Museu Mercedes-Benz, também na cidade-sede da marca, numa operação delicada, mas bem-sucedida.

Devido às obras de construção do projeto ferroviário Stuttgart 21, na Alemanha, atualmente, o edifício da estação central (o chamado edifício Bonatz) e a torre de 56 metros estão a ser reformados. É por isso que a Estrela gigante Mercedes-Benz teve de mudar-se temporariamente da estação principal, em cuja torre está desde 1952, para o Museu Mercedes-Benz em Bad Cannstatt, também em Estugarda.

Duas toneladas de aço espalhadas por um diâmetro de cinco metros foram transportadas em posição inclinada na parte traseira de um transportador hidráulico com um semirreboque Mercedes-Benz Actros 2653 LS 6x4 de três eixos com capacidade de reboque até 120 toneladas.

Debaixo da espaçosa cabina L Bigspace, está um motor de seis cilindros em linha com 530 cv de potência, os necessários para levar a hercúlea tarefa a bom porto.

A Estrela Mercedes-Benz regressará à torre restaurada na nova estação central de Estugarda em 2025.